Novidades

Especialidade de Dinossauros

Maranata! 

Olá desbravadores, trazemos hoje mais uma especialidade para você. Desta vez, vamos falar sobre dinossauros, os famosos répteis gigantes que viveram na terra antigamente. Suas classificações, características, o que a Bíblia e a ciência falam a respeito deles e muito mais. Então o que você está esperando para garantir mais uma especialidade na sua faixa? Aprenda já sobre os dinossauros!

1. Qual o significado do termo dinossauro? Quando ele foi usado pela primeira vez?
O Termo dinossauro significa Lagarto Terrível. A etimologia é a seguinte: Denios (Terrível) e Saurus (Réptil, lagarto), ambas as palavras derivam do grego. O nome foi usado pela primeira vez por Richard Owen, um biólogo inglês, para designar os fósseis encontrados por volta de 1840. Esses fósseis lembravam répteis, mas eram de animais muito grandes, por isso receberam o nome.

2. Quais os indícios que estas criaturas realmente existiram?
Desde que os dinossauros foram descobertos, já se encontraram inúmeros fósseis e pegadas que remetem a grandes seres que viveram na antiguidade e possuíam características comuns aos dinossauros. Esses fósseis e pegadas foram estudados por especialistas de diversas áreas e comprovou-se que eles realmente existiram. As pegadas e ossos fossilizados não deixam duvida sobre a veracidade destes seres.

3. Explicar o surgimento e desaparecimento dos dinossauros de acordo com as seguintes teorias:
a) Criacionismo
O criacionismo é a teoria baseada na Bíblia que indica que todos os seres foram criados por Deus a cerca de alguns milhares de anos. A criação do mundo ocorreu em uma semana literal. Baseando-se na Bíblia e em diversos achados arqueológicos e científicos, os criacionistas tem formulado uma teoria para os dinossauros. Foram criados por Deus no quinto e no sexto dia da criação. Eram mansos antes do pecado, mas se tornaram hostis após as transformações feitas por ele. Seu desaparecimento é explicado pelo diluvio, onde Deus enviou uma chuva sem precedentes para limpar a terra. Acredita-se que não só a chuva, mas outros fenômenos da natureza e as transformações geológicas em decorrência do dilúvio levaram ao desaparecimento dos dinossauros. Apesar disso, a Bíblia e a arqueologia dão margem para acreditar que nem todos os dinossauros foram extintos com o dilúvio, mas isso é outro assunto. Por fim, é preciso dizer que diversas evidências corroboram com a extinção e fossilização dos dinos em decorrência do dilúvio.
b) Evolucionismo
Teoria que tenta explicar o surgimento do mundo e da vida por meio de fenômenos químicos. Ganhou força no fim do século XIX com Charles Darwin e seu livro a Origem das Espécies. Hoje é a mais aceita entre os cientistas. No que diz respeito aos dinossauros, a teoria diz que eles surgiram depois de diversas evoluções de seres primitivos até se chegar ao que é encontrado por meio de fósseis. Teriam surgido há cerca de 250 milhões de anos e dominado a terra por algumas dezenas de milhões de anos, até que foram extintos. A extinção se deu, acredita-se, pela queda de um meteoro na terra que levou a uma nuvem de poeira que impediu a penetração dos raios solares, dizimando boa parte da vida no planeta.
Nota: Nós adventistas do Sétimo dia, baseando-se na Bíblia, na fé e na ciência acreditamos na teoria criacionista para surgimento da vida e extinção dos dinossauros. Para saber mais recomendo fortemente o livro A História da Vida, do jornalista Michelson Borges.
Compre o livro, AQUI
Baixe em PDF, AQUI

4. Quais as evidências que apontam para a morte dos dinossauros através do dilúvio? Identificar e citar trechos na Bíblia que falam sobre a criação dos répteis.
Existem pelo menos algumas dezenas de descobertas científicas que corroboram de alguma forma com um dilúvio universal, entre estas, a paleontologia tem apresentado evidências de uma inundação gigante no planeta que levou a extinção, ou, ao menos, a fossilização dos répteis. Grandes “cemitérios” de dinossauros têm sido encontrados em diferentes lugares do globo, como China, EUA e Argentina. Em alguns destes cemitérios encontram-se diversas espécies de dinossauros, herbívoros e carnívoros, que parecem terem sido surpreendidas com alguma inundação repentina. Além disso, a morte e ajuntamento dos dinos só poderiam levar a uma fossilização com um evento catastrófico envolvendo água como o dilúvio. Estas e outras evidências dão boas razões para crer na extinção proveniente (entre outros fatores talvez) do dilúvio.
Versos Bíblicos:
Gênesis 1: 21,24 e 25;
Jó 40: 15-24, 41;*
*Embora não haja consenso entre teólogos sobre o Leviatã e o Beemote, vale a referência a dois possíveis dinossauros citados na Bíblia.

5. Explicar porque os répteis marinhos e voadores não são considerados dinossauros. Dar exemplos destas criaturas.
Répteis marinhos e voadores se diferenciam muito dos dinossauros encontrados em forma de fósseis. Uma das diferenças é na estrutura vertebral dos animais. Além disso, a alimentação, modo de vida, habitat, estrutura corporal, comportamento, entre outros fatores diferem dos dinossauros para os répteis marinhos e voadores.
Entre os mais confundidos encontram-se o Pterossauro e o Plessiossauro que são, respectivamente, réptil voador e marinho. Outro exemplo de réptil marinho é a tartaruga.

6. De que maneira os dinossauros nasciam? Em que ano e onde isso foi comprovado?
A reprodução dos dinossauros não é consenso entre cientistas. O que se tem como quase certo é que eles nasciam em ovos (pelo menos a maioria das espécies). A forma de cuidado do ovo e formação do ninho variava de espécie para espécie e se assemelhava muitas vezes aos atuais comportamentos de aves e répteis no processo de reprodução e cuidado dos ovos. A hipótese dos dinossauros ovíparos ganhou força e argumento em 1922, em uma expedição no Deserto de Gobi, na China. Lá, o paleontólogo Roy Andrews encontrou os ovos fossilizados e após estudos concluiu que eram de dinossauros. Diversos achados mais recentes corroboram com a ideia.

7. Como supostamente seria a pele dos dinossauros?
No processo de fossilização a pele geralmente não é poupada, se decompondo muito mais rapidamente do que os ossos. Isso dificulta saber como realmente seria a pele dos dinossauros. Entretanto, alguns poucos achados paleontológicos têm mostrado a pele fossilizada dos dinos. Ela era escamosa e dura, semelhante a dos répteis atuais. Era adequada para lugares secos, protegendo dos mais diversos fatores climáticos e ambientais.

8. Definir cada um dos grupos de dinossauros abaixo:
a) Saurópodes: São os famosos dinossauros quadrúpedes, terrestres, herbívoros e de longo pescoço. Quase sempre possuíam tamanho considerável. Talvez o mais famoso exemplo seja o braquiossauro.
b) Terópodes: Carnívoros e bípedes eram predadores que atacavam diversas espécies para se alimentar. Possuíam dentes pontiagudos. Os principais exemplos são o tiranossauro, o alossauro e velocíraptor.
c) Ceratopsídeos: Herbívoros, eram grandes quadrúpedes conhecidos pela presença de chifres e uma placa óssea na cabeça. O mais conhecido é o triceraptor.
d) Aniquilosaurídeos: Herbívoros que possuíam uma proteção, uma blindagem semelhante a das tartarugas em seu corpo. O aniquilossauro e estiracossauro são os mais proeminentes exemplos.
e) Plessiossauros: Repteis marinhos, carnívoros, eram grandes e se assemelhavam aos dinossauros em alguns aspectos, mas são um grupo a parte.
f) Pterossauros: Não eram dinossauros, eram répteis voadores com semelhanças aos dinos. O pterodátilo é o mais conhecido.

9. Fazer um diagrama da suposta cadeia alimentar dos dinossauros. Quem supostamente está no topo? Por que este dinossauro supostamente se encontra lá?
O Tiranossauro Rex é o provável topo da cadeia alimentar dos dinos. Isso denota o domínio dos Terópodes, classe da qual o T-rex é o principal dino, como predadores de seu tempo.

Imagem retirada de material do Mundo das Especialidades. Disponível em https://goo.gl/ahx1iz

10. O que são Sauropodomorfos? Quais os dois grupos em que se dividem?
São os dinossauros herbívoros, que se alimentavam de plantas e vegetais. Se dividem em Saurópodes ( ver item 8.a), que possuíam pescoço longo e prossaurópodes, com pescoço menor e, ás vezes, bípedes.

11. Quem é considerado o rei dos dinossauros?
Como o próprio nome diz, o Tiranossauro Rex (rei em latim), é considerado o rei dos dinossauros por ser o terópode que domina a cadeia alimentar e pela ampla popularidade, sendo exaltado em diversas mídias por isso.

12. Escolher um dinossauro e escrever, no mínimo, 150 palavras sobre ele, onde seus fósseis foram achados, que hábitos possuía, como se alimentava e tudo o que puder falar sobre este animal.
Item prático.

13. Fazer uma coleção de 10 imagens de fósseis de dinossauros, identificando:
a) Nome        
b) Local onde o fóssil foi encontrado       
c) Ano da descoberta
d) Características gerais
Item prático.
Lista de dinossauros: AQUI.

Para saber mais:

Nenhum comentário