Novidades

Especialidade - Excursionismo Pedestre com Mochila


1) Discutir com seu instrutor o significado do lema: “Não tire nada além de fotos, e não deixe nada além de pegadas”.
"Não tire nada além de fotos. Não deixa nada além de pegadas. Não leve nada além de lembranças. Não mate nada além da Saudade".
Este é o lema do Excursionista, que deve ser seguido à risca. Outra pessoa vai passar pelo lugar onde você esteve, e ela não pode ter uma má impressão das últimas pessoas que estiveram naquele lugar. Por isso, preserve a natureza, e se possível, deixe o local melhor do que você o encontrou. Cuide da Criação de Deus, afinal, foi pra você que Ele criou isso tudo.

2) Conhecer os principais conceitos em relação a vestuário, calçados e equipamentos para tempo chuvoso.
Deve-se utilizar roupas leves e impermeáveis. Nos casos de chuva, elas não passaram umidade, e ao fazer sol, elas secam rapidamente. Evitar roupas de algodão, pois demoram pra secar, suam facilmente, e isso pode lhe causar uma sensação maior de cansaço, além de no caso de o tempo estar frio e chuvoso, podem causar hipotermia. Calçados confortáveis, de preferência bem usados, pois já se acostumaram com o formato do seu pé, solados antiderrapantes e com cano alto que proteja os seus tornozelos de possíveis torções e picadas de insetos. Capa de chuva deve fazer parte do vestuário.

3) Conhecer os princípios essenciais à escolha de uma boa mochila. Em situação de emergência, o que pode ser usado no lugar de uma mochila?
Buscar mochilas resistentes, com costuras reforçadas. O tamanho deve ser compatível com o seu tamanho e porte físico, ou seja, proporcional ao seu corpo. Preferencialmente com vários compartimentos (por uma questão de organização), assim, quando você estiver procurando algo pequeno, não precisará desmontar toda a sua mochila. Uma calça jeans ou um cobertor e cordas podem ser utilizados como uma mochila em caso de emergência.


4) Saber que objetos são essenciais no excursionismo.
- Mochila;
- Lanternas e pilhas reservas;
- Fósforos, Vela, Fogareiro e Lampião;
- Cantil;
- Canivete e Faca;
- Relógio;
- Bússola;
- Óculos Escuros, Boné, Roupa de Banho;
- Protetor Solar, Repelente, Manteiga de Cacau;
- Roupa e Tênis reservas;
- Maleta de Primeiros Socorros.

5) Que tipo de saco de dormir é melhor para a região onde você vai acampar? Conhecer pelo menos Três tipos.
- Sarcófago: São mais largos nos ombros e mais estreitos nos pés. São os mais eficientes para ambos os sexos em termos de peso e aquecimento. Uma das vantagens deste tipo é que por obedecer mais à forma humana, o espaço dele é aquecido usando o mínimo de calor do corpo.
- Sacos Retangulares: Possuem mais espaço para se mover, mas não são tão eficientes no que diz respeito ao aquecimento. Por ter a parte de cima mais larga, eles permitem que o ar escape mais facilmente.
- Sacos semi-retangulares: Possuem a parte dos pés mais estreita, porém um pouco mais largos que o tipo sarcófago, capuz com bom contorno e espaço adicional na área do torso, o que o torna muito confortável.
Por vivermos em um País tropical, o saco de dormir mais recomendável é o semi-retangular.

6) Saber arrumar uma mochila adequadamente.
Os itens mais leves devem ser colocados abaixo de tudo, conforme for preenchendo o espaço, ir gradativamente colocando os itens mais pesados, deixando o peso maior na parte superior. Deixar as roupas junto às costas, para que o conforto seja maior. Os alimentos devem estar todos bem embalados, para que não vaze nada dentro da mochila. As roupas devem estar organizadas em sacos plásticos, formando umas de roupas. Ex: Camiseta, Calça, Roupa Íntima, Par de meias e Blusa. Dessa forma, se uma das sacolas sofrer algum tipo de dano, você vai perder apenas uma muda de roupas, e não todas as camisetas, ou todas as calças, etc. Os itens pequenos devem estar organizados em compartimento externos da mochila. Ex: Cantil, Faca, Canivete, Lanterna e Pilhas, Fósforos, etc.

7) Que tipos de alimentos são melhores para um excursionista? Visitar um supermercado e relacionar os alimentos encontrados que são apropriados. Alimentos que disponham de uma praticidade, de preferência energéticos: Biscoitos, sopas e alimentos desidratados. Pão integral, queijo, frutas, chocolates, barras energéticas e bebidas instantâneas.
a) Preparar um cardápio para uma excursão de fim de semana, usando alimentos comprados num supermercado.
b) Aprender as técnicas de medir, embalar e etiquetar alimentos que serão colocados na mochila, para a excursão.
Colocar os alimentos em duas embalagens plásticas; etiquetá-los com nome, refeição e dia em que será utilizado.
c) Fazer um lanche para a caminhada.
Item Prático

8) Conhecer as medidas de Prevenção, os sintomas, e os Primeiros Socorros para:
a) Queimadura de Sol: Prevenção: Evitar exposição prolongada à radiação solar. Colocar bloqueador solar, com o fator ideal para temperatura. Tratamento: Ingerir bastante Líquido e passar gel à base de água para hidratar a pele e diminuir a ardência.
b) Bolhas: Prevenção: Evitar os tênis novos, pois ainda não se modelaram ao formato do seu pé. Manter os pés sempre secos. Dependendo da temperatura, usar dois pares de meias. Tratamento: use uma agulha esterilizada para furar a bolha (Apenas o suficiente para eliminar a água). Esterilize o local e aplique uma bandagem.
c) Hipotermia: Prevenção: Não permanecer por muito tempo com as roupas e calçados molhados. Tratamento: Remover a pessoa do vento, chuva ou ambiente úmido, trocar a roupa molhada por uma seca, manter a pessoa acordada, exercitar seus braços e pernas e mantê-la aquecida.
d) Insolação: Prevenção: Evitar exposição prolongada à radiação solar. Tratamento: Levar a pessoa para um local arejado, de preferência na sombra. Hidratar a vítima com soro, água, sucos. Em caso de febre, encaminhar para um atendimento médico.
e) Exaustão: Prevenção: Não carregar mais do que o proporcional ao seu corpo e manter um ritmo que não seja cansativo. Tratamento: Repousar, se alimentar com alimentos de fácil digestão e energéticos e beber bastante líquido.
f) Mordida de Cobra: Prevenção: Preste atenção por onde passa. Tratamento: Lavar o local com água e sabão, manter o membro afetado levemente levantado, evitar movimentos bruscos, manter a vítima em repouso, e buscar auxílio hospitalar. Importante tentar identificar o animal para tratamento mais específico.
g) Cólicas: Tratamento: Fazer compressas com bolsa de água, utilizar remédio adequado, não obtendo resultados, buscar auxílio médico.
h) Desidratação: Prevenção: Beber água regularmente. Tratamento: Beber água e sucos e repousar a vítima.
i) Câimbra: Prevenção: Consumir as quantidades recomendadas de potássio e cálcio. Tratamento: Panturrilha - empurrar os dedos do pé para alongar o músculo superior da panturrilha; Parte de trás da Coxa- Tentar esticar o joelho para alongar os músculos dessa região.

9) Ter um estojo de Primeiros Socorros na mochila, e saber usá-lo.
- Pomada para queimaduras e picadas de insetos;
- Antitérmico para crianças e adultos;
- Mertiolate;
- Gaze, algodão, esparadrapo e faixas;
- Band-aid;
- Bolsa Térmica;
- Água Oxigenada.

10) De acordo com o seu peso, qual o peso máximo que você deveria carregar?
A carga máxima recomendável para a mochila seria 1/6 a 1/7 do seu peso. Para o meu caso, tenho 60 kg, de 8,5kg – 10,5kg.
Claro que sempre será melhor sempre levar uma mochila com menos de 5% do seu peso, algo perfeitamente possível!

11) Saber três maneiras de encontrar a direção a seguir sem uma bússola. Demonstrar pelo menos duas delas.
1ª Cruzeiro do Sul
2ª Sol (tendo a noção do horário).
3ª Copas da arvores, elas sempre se acompam pro lado norte.
4ª Verificar o musgo das pedras e árvores, normalmente crescem nos locais com menos luminosidade, portanto mais úmidos virados para o norte.
Item Prático

12) Demonstrar o modo correto de colocar e tirar uma mochila sozinho e com a ajuda de um companheiro.
Item Prático

13. Participar numa excursão de fim de semana com caminhada de pelo menos oito quilômetros, cozinhando suas refeições.
Item Prático

Fonte: (Gustavo N. Reis – João Zielack - 3ªRegião - ACSR – USB)

Para baixar clique aqui!

Nenhum comentário