Novidades

Arrumando a Mochila


1229238424532_129
A mochila é um dos bens mais importantes para quem ama acampar e se divertir em trilhas nas matas e montanhas. Mas um dos grandes problemas que sempre nos deparamos ante de sair é: – Como vou organizar tudo isso (bagagem) dentro disso (mochila)?
Então antes de tudo, compre uma boa mochila. Mas como escolher uma?
Uma boa mochila cargueira é um equipamento que dá gosto de adquirir pois costuma durar muito tempo. A minha Nautika Sahara 60 é o meu item de acampamento mais antigo e está beirando os oito anos de uso. Mesmos já passando por uma pequena cirurgia nos bolsos laterais e na faixa barrigueira, ainda está em pleno é ótima forma. Então, compre uma mochila decente (leia-se nas entre linhas: gaste um pouco mais, seu pão-duro) porque no caso de uma escolha errada você terá que aturá-la por muito tempo, como num casamento.
Dê preferência por aquelas que tem muitas divisões e recursos técnicos (como acessos frontais, suporte à CamelBak, tampa telescópica, bolsos retráteis), mas que seja especialmente confortável. Sistemas de armação rígida nas costas e barrigueiras muito bem acolchoadas são itens obrigatórios. Dê preferência a uma que tenha muitos ajustes para vocês ficarem mais coladinhos um no outro. Não há nada pior que caminhar com uma mochila sacudindo e te atrapalhando.
As marcas que recomendo são The North Face, Deuter, Osprey, Salewa que são importadas e entre as nacionais a Curtlo. Não gosto das Trilhas e Rumos e nem da Nautika hoje em dia, mas na época que comprei a minha, ela era uma das tops entre as médio peso e acho que foi a melhor relação custo/benefício (mesmo hoje ela tendo saido de linha).
Explore cada mínimo detalhe da sua mochila, olhe como funciona cada zíper, descubra todos os compartimentos, pergunte ao vendedor tudo quem você puder imaginar. Ao chegar em casa, encha-a de coisas volumosas e pesadas (sacos de arroz, cobertores grossos, garrafas pet cheias de água) e peça ajuda para fazer os devidos ajustes em todas as alças. Se você quer ser um bom aventureiro, prepare-se para ser tachado de maluco.
A preparação e fechamento de uma mochila é sempre um ritual que deve ser feito com critério, metódico e com uma boa dose de organização, por isso faça-o dois dias antes de sair para viajar, e se a viagem tiver mais de dois dias de duração, pode ter certeza que este processo de preparação da mochila levará mais de 3 horas. Normalmente eu levo entre 3 e 4 horas para preparar a mochila, contados a partir da hora que chego do mercado, para um acampamento de até 4 dias. Então sempre se mantenha organizado, pois se for montar sua mochila no mesmo dia, com toda certeza, a possibilidade de esquecer algo importante quase triplica.
Infográfico build 02 (deuter).cdr 
Infográfico de Como organizar sua mochila (se preferir, no fim do post, faça o download dele)
Outra coisa importante é a distribuição do peso, para que sua amiga fique bem acomodada e não te sacrifeque no caminho, por isso siga o infográfico (que catei do blog Blogus) e seja feliz. AH! E não se esqueça de usar sacos estanques ou sacos plásticos em tudo que não pode molhar: roupas e saco de dormir, principalmente, porque você nunca sabe quando o tempo pode virar e começar a chover.
Toda mochila deve se comportar como um anão de jardim: deve ficar em pé sozinha. O maior segredo para isso é colocar a barraca dobrada em forma quadrada ou retangular no fundo da mochila. Feito isso e estando descalço, entre na mochila, e pisoteie a barraca no fundo para ela ir assentando. Comece a preencher a mochila pelo seu corpo principal, deixando as bolsas laterais e superiores por último.
Neste momento você percebe como é importante ter todos os itens que serão adicionados à ela muito bem distribuídos em uma mesa ou distribuidos no chão de modo que facilite sua decisão de qual será o próximo item a entrar. E conforme for adicionando as coisas, sacuda a mochila para assentar o conteúdo. Não tenha dó: pode bater a valer. Preencha todos os mínimos espaços vazios encaixando tudo bonitinho, e o mais importante: não deixe nenhuma ponta do que quer que seja. Certa vez, tive que retirar a mochila no meio de um trajeto devido a um prato que estava com a quina me incomodando. Depois deste episódio que eu passei a usar pratos rasos e colocá-los de pé em forma de escudo na parte que vai às costas, do um conforto garantido. Se ao final sua mochila ficar em pé sozinha, parabéns. Caso contrário, tire tudo de dentro e comece novamente.
InternetLista10
Faça sempre uma lista
Tenha sempre uma lista mental de quais itens você irá precisar com mais frequência (headlamp, barrinha de cereal, CamelBak, GPS, casaco corta-chuva entre outros). Estes serão os últimos a entrar e ficarão alojados nos bolsos lateriais e tampas superiores. Itens pendurados? Nem pensar! No máximo a bota de caminhada (enquanto você viaja confortavelmente de chinelão ou papete), mas prenda-o com alguns mosquetes, não confie nunca na fita de aperto sozinha.
Se você já tem a sua fiel companheira, este artigo tem como objetivo apimentar a relação de vocês dois. Se você ainda não tem, procure uma agora mesmo! Ela está por aí no mundo, procurando por você também. Vocês viverão momentos felizes juntos e também passarão por alguns perrengues. Mas não vão se desgrudar um segundo.
Se você se amarrou no infográfico e quer pendurar na parede do seu quarto ou até mesmo na parede da sala de materiais do seu clube/grupo, escolha a versão desejada (PDF ou JPG) e boa viagem!
É isso ai…
Sempre Alerta para Servir! Maranatha!

Fonte: por Atila Santos – http://mundodesbravador.blogspot.com.br

Nenhum comentário